5 dicas para economizar no seu seguro de vida


Se pretende fazer um seguro de vida, é importante que saiba escolher o que melhor se adapta às suas necessidades e que compare muito bem antes de tomar a sua decisão. Neste guia, você encontrará algumas dicas que o podem ajudar a economizar dinheiro se decidir contratar alguma cobertura desse tipo.

Se você quer economizar no seguro de vida, a solução não é optar pela cobertura mais econômica. Pelo contrário, um seguro barato pode ser significativamente mais caro a longo prazo se você não prestar atenção a certos pontos importantes no momento da contratação desta apólice.

A primeira coisa a ter em mente é que a cobertura escolhida se adapta ao que você realmente precisa.

Lembre-se que o objetivo do seguro é que em caso de sinistro você faça o menor dispêndio possível de dinheiro, através de uma indenização que cubra a maior parte das necessidades daquele momento.

Nesse sentido, existem alguns pontos que você não deve esquecer na hora de contratar seu seguro de vida e assim economizar o máximo possível na apólice. Vamos revisar alguns deles:

1. Escolha uma cobertura que atenda às suas necessidades

Se você não quer acabar contratando uma apólice barata ou que não ofereça a cobertura mínima de que você e sua família precisam, é importante que você se antecipe e saiba muito bem que tipo de seguro de vida é mais adequado para todos.

Para isso, é importante que responda à seguinte pergunta: Para que devo contratar um seguro de vida?

Veja todos os vários tipos de apólices que o mercado lhe está oferecendo atualmente, e certifique-se de que existe aquela que atenda às suas necessidades e não se esqueça de consultar outras coberturas complementares.

O mais importante é que não se decida apenas pelo prémio, pois existem seguros que são um pouco mais caros mas que, em caso de morte ou acidente, podem ser muito mais convenientes.

2. Evite cair nas promoções do momento

Regularmente as seguradoras oferecem condições a preços razoavelmente baixos que são uma tentação para a maioria dos consumidores. Aconselhamos a que tenha cuidado e não se baseie apenas nos preços baixos. Geralmente, esse tipo de seguro é muito básico e sua cobertura é quase nula.

Além disso, se você optar por um deles e quiser adicionar cobertura adicional, geralmente o preço aumentará drasticamente.

Lembre-se também que esses tipos de contratos geralmente trazem muitas condições e “letras pequenas”, como compromissos de permanência e outros.

3. Analise todos os pontos do contrato

Antes de decidir sobre uma política ou outra, recomendamos que você analise todos os pontos do contrato.

É comum um contrato  incluir coberturas não discutidas anteriormente ou cláusulas que não sabíamos que existiam.

Diante disso, não se esqueça de prestar especial atenção aos seguintes pontos:

  1. Bônus e descontos;
  2. Franquias;
  3. Permanência;
  4. Exclusões;
  5. Garantias adicionais de seguro de vida;
  6. Valor nominal e efetivo em seguro de vida.

4. Compare todas as ofertas do mercado

Depois de conhecer as suas reais necessidades e de ter analisado todos os pontos que incluem os contratos de seguro de vida, é hora de comparar os diferentes tipos de cobertura e condições que o mercado oferece. A situação é idêntica quando você quer fazer um contrato de energia, comprar um carro ou até quando quer optar por uma companhia aérea: deve procurar, comparar e decidir de acordo com as vantagens que conseguir beneficiar! 

Atualmente, o mercado conta com um grande número de seguradoras e cada uma delas possui um amplo portfólio de produtos para oferecer a você. Na verdade, nem precisa perder muito tempo, pois se tem internet em casa ou no celular, basta consultar as informações na página web de cada seguradora.

Lembre-se que na hora de comparar você não deve olhar apenas para o preço, mas também para uma série de pontos que farão a diferença, como coberturas, franquias, condições, exclusões, descontos.

5. Solicite ajuda

Se você está tentando encontrar um seguro de vida que não exija que você pague muito, pode ser o momento de procurar um conselheiro ou mediador de seguros.

Os mediadores de seguros são pessoas que fazem o trabalho por nós e procuram a melhor oferta de acordo com as nossas necessidades e orçamento.

Além disso, geralmente acompanham você no processo de subscrição e auxiliam em caso de qualquer tipo de problema com a seguradora.

Blog

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?